Gestão Transversal
Soluções em Responsabilidade Social e Ambiental

WhatsApp/Tel: (21) 99906-8920
Email: contato@gestaotransversal.com.br

Endereço:
R. Jardim Botânico, 568 - Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ

Mostrar no Google Maps

Um cenário alarmante no que diz respeito a evasão escolar e a consequente desigualdade social que cresce a passos largos

Segundo Anuário Brasileiro da Educação Básica (Todos pela Educação e Editora Moderna), são 47 milhões de estudantes matriculados na Educação Básica em todo o país - sendo 81% desse total na rede pública.

Um dado preocupante dentro desse contexto é o distanciamento de muitos desses alunos do ambiente escolar, já que muitas escolas públicas continuam sem a estrutura tecnológica necessária para o ensino remoto.

Fotos cedidas gentilmente por projeto Nossa Casa Grajaú - SP

17% das escolas localizadas em áreas urbanas 

De acordo com uma pesquisa no campo educacional realizada pelo TIC Educação 2019 junto às unidades escolares do país, 17% das escolas localizadas em áreas urbanas tinham ambiente ou plataforma virtual de aprendizagem em 2018, percentual que caiu para 14% em 2019.

Ou seja, muitos dos 38 milhões de estudantes da rede pública – áreas urbanas e rurais estão sem acesso aos conteúdos escolares devido a pandemia (COVID 19). Sem considerar que grande parte dos estudantes não tinham – à época da pesquisa acesso aos equipamentos adequados para acompanhar as disciplinas de forma digital em suas residências.

Achatamento da renda das famílias de classes desfavorecidas

Outro fator relevante foi o achatamento da renda de muitas das classes desfavorecidas, já que se viram obrigadas a reunirem a força de trabalho familiar para colaborar com o sustento da casa.

Fotos cedidas gentilmente por projeto Nossa Casa Grajaú - SP

Quem garante que todos os alunos impactados com a quarentena e a consequente suspensão das aulas – em especial da rede pública, estarão aguardando o sinal tocar para entrarem em sala no retorno às aulas? Uma bela razão para investiremos em projetos de educação não formal.

Quase 12 meses ou mais longe do ambiente escolar

Considerar que quase 12 meses ou mais fora da escola pode tirar a motivação de muitos desses alunos nos aproxima da resposta. Isso sem considerar que ao saírem às ruas para vender chiclete no sinal, acabam por descobrir uma forma de levantar recurso descompromissadamente.

Fotos coletadas no Portal Marcos Santos

Um cenário alarmante no que diz respeito a evasão escolar e a consequente desigualdade social, não é?

 Ações de educação não formal devem considerar iniciativas

Mais do que nunca ações de educação não formal devem considerar iniciativas que contemplem o público em idade escolar, com o objetivo de evitar a evasão e o consequente aumento da desigualdade social. Mas desde que essas iniciativas condicionem a matrícula em seus projetos à frequência escolar do público alvo.