Gestão Transversal
Soluções em Responsabilidade Social e Ambiental

WhatsApp/Tel: (21) 99906-8920
Email: contato@gestaotransversal.com.br

Endereço:
R. Jardim Botânico, 568 - Jardim Botânico, Rio de Janeiro - RJ

Mostrar no Google Maps

A nova plataforma do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil já está disponível para consulta e cheio de novidades

Por ONU BrasiL

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Fundação João Pinheiro apresentam nesta terça-feira (29) a nova plataforma do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. A novidade é a inserção de indicadores socioeconômicos baseados em informações de registros administrativos de mais de 5 mil municípios. O sistema traz, ainda, inovações tecnológicas e interação com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Mais de 360 indicadores socioeconômicos sobre saúde, educação, meio ambiente e desigualdade

A nova plataforma reúne mais de 360 indicadores socioeconômicos sobre saúde, educação, renda, trabalho, habitação, vulnerabilidade, meio ambiente e desigualdade, entre outros, referentes a 17 mil localidades brasileiras, sendo 5.565 municípios, 24 regiões metropolitanas, 27 unidades federativas e mais de 10.000 unidades de desenvolvimento humano. Esses indicadores possibilitam aos gestores identificar as carências de cada localidade, otimizando investimentos.

Foto da tela da plataforma, ambiente super dinâmico

Com as informações socioeconômicas desagregadas, a nova plataforma mantém o recurso da avaliação, de modo separado, da situação de mulheres, homens, negros, brancos e das populações urbana e rural de determinada região, estado, município ou unidade de desenvolvimento humano. O filtro permite um retrato mais exato das desigualdades existentes.

Indicadores que dialogam de forma multidimensional, em nível municipal, com os ODS

A construção de indicadores que dialogam de forma multidimensional, em nível municipal, com os ODS estabelecidos em 2015 na ONU é mais uma das novidades da plataforma. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável devem ser implementados por todos os países do mundo até 2030.

ADH - Desde sua criação, o Atlas já inspirou diversos projetos sociais e políticas de governo a priorizarem suas ações para a população mais vulnerável em todo o país. Até hoje, pelo menos 80 iniciativas públicas brasileiras foram baseadas nos dados do Atlas: 27 políticas públicas, 18 ações/iniciativas, 5 programas de governo, 21 projetos de lei e 8 leis.

Acesse a plataforma do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil